“O sonho de ser um jogador de futebol, me fez um profissional da educação física”. Conheça Ronaldo Sousa, o Aluno FI que faz dos seus sonhos, uma ferramenta de transformação
Futebol Interativo
Carregando...

08-06-22 |

“O sonho de ser um jogador de futebol, me fez um profissional da educação física”. Conheça Ronaldo Sousa, o Aluno FI que faz dos seus sonhos, uma ferramenta de transformação

Compartilhe img

“O sonho de ser um jogador de futebol, me fez um profissional da educação física”. Conheça Ronaldo Sousa, o Aluno FI que faz dos seus sonhos, uma ferramenta de transformação


Santa Luzia do Paruá. Conhece ou já ouviu falar? Foi nesse município do Maranhão, de pouco mais de 25 mil habitantes (população estimada pelo IBGE em 2021), onde começou a história de Ronaldo da Silva de Sousa, hoje, profissional de Educação Física. Aqui no Futebol Interativo, conhecemos a história de Ronaldo depois que fez sua matrícula no curso Tática para Treinadores, mais um passo para, como ele nos descreveu, “busca de um dia poder fazer parte da formação de atletas e na realização de sonhos”.

Um encontro que deu muito certo, já que aqui também buscamos transformação e realização de sonhos. Atualmente, Ronaldo mora em Manaus, capital que o acolheu ainda criança, aos sete anos de idade. O futebol já fazia parte da sua vida, nessa época, nos jogos estudantis. “Fui camisa 10 e capitão nos jogos da Escola Municipal Madre Tereza de Calcutá, em Manaus. Ainda voltei para o Maranhão com a minha família, onde também tive o privilégio de representar minha escola nos jogos do município”.

Já no ensino médio, Ronaldo estava no Pará, onde além de ser atleta na escola, acompanhava mais de perto a sua professora de educação física. “Devido aos jogos regionais e estaduais que participei, despertou ainda mais o interesse em atuar como jogador e, quando voltei para Manaus, cheguei a passar por dois clubes de futebol nas categorias de base. Por falta de incentivo e de apoio, resolvi parar de jogar futebol”, explicou o professor.

Ronaldo começou a fazer parte de projetos sociais dentro da sua comunidade. O sonho de ser jogador deu lugar ao de ser profissional da educação física. “Eu auxiliava os professores que tinham escolinha de futebol sempre observando os trabalhos. Como já tinha passagens por clubes, ficou fácil comandar os jovens. Crianças, adultos e até mesmo futebol feminino”, completou.

+ Torne-se um treinador de futebol! Saiba como aqui.

Ao perceber que poderia um dia ser um treinador de futebol, o professor buscou se qualificar. “A partir das minhas observações e atitudes no dia a dia nas escolinhas, atuava sempre como um intermediário entre o professor e os colegas de equipe, conheci o Futebol Interativo nas redes sociais, me interessei pelo curso pois vi uma oportunidade de fazer prática em um clube grande do futebol brasileiro”, detalhou Ronaldo.

No Bahia, mais um sonho tornando-se realidade. Foram duas semanas de muita prática. “Foi maravilhoso. Aproveitei para falar um pouco da importância desse momento para nós que queremos ter uma oportunidade dentro de um clube relevante. No Bahia participei também do curso de primeiros socorros junto com os funcionários clube. Foi uma experiência inexplicável. Acabei ficando um fim de semana a mais para fazer parte do processo de captação de novos atletas para a base do clube”.

Ronaldo espera poder um dia comandar exatamente as categorias de base de algum time. “Quero evoluir, estar competindo e realizando sonhos tantos de atletas como da torcida. De ver um clube preocupado não somente com título, como também com quem está nas arquibancadas, com o seu povo. Levando ajudas humanitárias a quem precisa. O futebol é uma ferramenta rica, que possibilita educar e transformar vidas”, exaltou o professor.

+ Conheça as nossas Especializações em diversas áreas do futebol e veja como fazer Experiência Prática!

“Ah, se for para você usar em postagem, gostaria de destacar essa frase que sempre levo comigo”. Claro, Ronaldo, esse espaço é seu, agora faz parte da sua história!

Finalizamos então com a frase enviada por ele, que direcionou aquele jovem do interior do Maranhão a buscar realizar seus objetivos de mãos dadas com outros que querem o mesmo: “O sonho de ser um jogador de futebol, me fez um profissional da educação física”.

COMENTÁRIOS

COLUNISTA FI

Futebol Interativo Ver mais desse colunista

0 comentários

Essa publicação ainda não tem comentários.

Quero ser um colunista FI